Cuidar do portador é um processo educativo de conhecimento da doença, de aprendizagem. Para conviver e lidar com o portador, para acompanhar a evolução da doença, deve-se envolver toda a família, com muito amor, carinho e paciência para não sobrecarregar o cuidador, cuidando também deste cuidador.

>> DOENÇA DE ALZHEIMER
Há poucas situações que angustiam mais do que assistir à gradativa desintegração mental de um parente, companheiro ou amigo, enquanto eles se entregam às garras da doença de Alzheimer. Esta e outras demências podem destruir o sentido do passado e do presente do paciente, mas podem também despedaçar as vidas daqueles que cuidam do enfermo.

A sobrecarga para quem cuida é grande: física, mental e emocional. Mas todas as cargas podem ser compartilhadas. É importante estar juntos profissionais e membros da família, para que compartilhem conhecimentos e experiências.
A confusão mental, que é a principal característica da demência, não afeta só a pessoa acometida. Toda a família e amigos também ficam atordoados e confusos pelo comportamento da pessoa. A compreensão é a melhor maneira de eliminar a nuvem de confusão e de tomar o controle da situação nas mãos.

“Quanto mais sabemos sobre a doença de Alzheimer, mais cuidados podemos oferecer”
 Dr. Jonathan Miller

>> CURSO
A importância da  Capacitação do Cuidador como elemento fundamental
no processo do tratamento do portador de DA

  • O Cuidador bem capacitado e informado ajuda os profissionais de saúde através do seu relato sobre as alterações comportamentais do portador;
  • O Cuidador que tem mais conhecimento sobre a DA ajuda mais no tratamento do
  • portador  com outras alternativas não farmacológicas: terapia ocupacional, lazer etc.
  • O Cuidador que participa de uma Capacitação percebe e reconhece a necessidade de participar dos Grupos de Estudo sobre DA e dos Grupos de Apoio.
  • A Capacitação proporciona ao Cuidador maior conscientização da importância da vida social ativa e da extrema importância do descanso e do lazer para  saúde física e o  equilíbrio mental;
  • A Capacitação possibilita ao Cuidador o exercício mental através da troca de experiências, leitura, estudo e discussão em grupo – novas aprendizagens;    
  • A capacitação ajuda o Cuidador a lidar melhor com o portador e suas dificuldades e a administrar melhor sua vida e a vida familiar.
  • O Cuidador preparado ajuda outros Cuidadores, Amigos e a Comunidade;
  • A Capacitação proporciona aprendizagem, estimula o cérebro, desperta para novos interesses, novas amizades, novos conhecimentos e momentos de descontração; 
  • O Cuidador se sente mais preparado para o enfrentamento da enorme variedade de problemas emocionais e sociais que ocorrem na família e no meio social;
  • A Capacitação proporciona convívio com outros  que vivenciam a mesma situação, fortalecendo vínculos e dando mais segurança, e aceitação.

Capacitar os Cuidadores para que se tornem Multiplicadores de informações, ensinando os procedimentos a familiares, vizinhos, amigos
que se encontram na mesma situação.

Beila Bengard B Carvalho
Diretora Vice-Presidente da ABaPAz
 

Brasil Parkinson

 

 
 

Associação Bahiana de Parkinson e Alzheimer _ ABaPaz
Rua Profº Francisco da Conceição Menezes, nº 3 – Rio Vermelho
Tel: 71 3347-0143  Cel: 71 8661-8814